Risco dos medicamentos usados na internação para o parto na amamentação.

Risco dos medicamentos usados na internação para o parto na amamentação.

Classificação do Risco. O uso de medicamentos no pós-parto quando ainda está fazendo a amamentação, de imediato é altamente prevalente, podendo chegar a quase a totalidade das puérperas1, fato relevante, pois pode ser motivo para a não amamentação. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o aleitamento materno até pelo menos os 2 anos de vida e de forma exclusiva até o sexto mês2, pois a amamentação está relacionada com várias vantagens nutricionais, imunológicas, cognitivas, psicoafetivas, econômicas e sociais3, porém o tempo de amamentação no Continue lendo

Interações medicamentosas e reações adversas de AINE’s em idosos.

Interações medicamentosas e reações adversas de AINE’s em idosos.

Analise Potencial. O aumento no consumo de medicamentos e riscos das interações medicamentosas pela população idosa é decorrente da prevalência de doenças crônicas, da fisiologia do envelhecimento, da influência da indústria farmacêutica na prescrição e da medicalização presente na formação de profissionais da saúde.1,2 Estudos brasileiros realizados nesse grupo de pacientes apontam o consumo médio de dois a quatro medicamentos por idoso.3–6 As consequências da polifarmácia impactam diretamente no âmbito clínico, diagnóstico, terapêutico e farmacoeconômico. Esses fatores podem repercutir na qualidade de vida do paciente, Continue lendo

Insalubridade Farmacêutica, entenda.

Insalubridade Farmacêutica, entenda.

Insalubridade. O QUE É INSALUBRIDADE? Insalubridade Farmacêutica é um instrumento legal de compensação ao trabalhador por períodos de trabalho exposto a agentes nocivos, com potencial para prejudicar, de alguma forma, a saúde do mesmo.De acordo com a CLT: Art. 189 – Serão consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição Continue lendo

Caso de Endocardite por Granulicatella sp. tratamento com Nitazoxanida.

Caso de Endocardite por Granulicatella sp. tratamento com Nitazoxanida.

Endocardite. Endocardite é uma infecção no endocárdio (revestimento interno do coração). Normalmente a doença acontece quando uma bactéria ou germes de outra parte do corpo, como os da boca, se espalham pelo sistema sanguíneo se ligando a áreas afetadas do coração. A endocardite é incomum em pessoas com coração saudável. Os gêneros Granulicatella e Abiotrophia são cocos Gram-positivos fastidiosos anteriormente classificados como estreptococos nutricionalmente variantes (NVS).1–5 Essas bactérias pertencem à flora comensal da cavidade oral, trato geniturinário e trato intestinal, e podem produzir graves infecções Continue lendo

Consumo de ansiolíticos benzodiazepínicos: Dados do SNGPC

Consumo de ansiolíticos benzodiazepínicos: Dados do SNGPC

O estudo. Os ansiolíticos benzodiazepínicos (BDZ) alcançaram grande popularidade entre os membros da classe médica e na população nas décadas de 1970 e 1980, uma vez que demonstraram tamanha eficácia no combate da ansiedade, insônia, agressividade e convulsões, dentre outras ações, com menos efeitos depressores sobre o SNC1. Essa menor influência na inibição dos centros respiratórios propiciou uma sensação de segurança e maior desinibição no momento de indicar ou fazer uso desses medicamentos. Estima-se que os BDZ estejam entre os fármacos mais prescritos nos países Continue lendo

Tolerância ao fenômeno alucinatório induzido pelo Zolpidem.

Tolerância ao fenômeno alucinatório induzido pelo Zolpidem.

Introdução. O zolpidem é uma substância com propriedade hipnótica seletiva, age em receptores benzodiazepínicos do tipo 1 no complexo GABA-A e não tem metabólitos ativos. Suas primeiras publicações datam de 1985; foi lançado na França1 em 1988 e aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA)2 em 1992. É o hipnótico mais receitado no mundo e apresenta boa tolerabilidade3,4. Todavia, seu uso não está isento de eventuais efeitos adversos graves, tais como a indução de fenômeno alucinatório. Apresentaremos um caso de alucinações relacionadas com o medicamento Continue lendo

EaD é mal avaliado pela maioria de alunos que responderam a enquete do CFF.

EaD é mal avaliado pela maioria de alunos que responderam a enquete do CFF.

EaD Farmacêutico. A qualidade do ensino nos cursos de graduação em Farmácia durante a pandemia de Covid-19 já vinha preocupando o Conselho Federal de Farmácia (CFF), antes mesmo da publicação, nesta terça-feira, dia 17 de junho, da Portaria Nº 544/2020 pelo Ministério da Educação. Tanto que o CFF realizou entre os dias 27 de maio e 3 de junho, uma enquete com professores e alunos de cursos presenciais e EaD, para saber como as atividades pedagógicas, especialmente as que envolvem estágios e práticas, estavam sendo Continue lendo