Atualização na lista de substâncias controladas ANVISA.

Publicada na quarta-feira (4/12), A Resolução da Diretoria Colegiada que trata do tema reúne as últimas alterações da lista de substâncias controladas da Portaria SVS/MS 344/1998. As atualização na lista de substâncias controladas, como entorpecentes, psicotrópicas, precursoras e outras sob controle especial da Portaria SVS/MS 344/1998 foram publicadas na quarta-feira (4/12), no Diário Oficial da União (D.O.U.). A atualização está na Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 325/2019, de 3 de dezembro.  A Portaria SVS/MS 344/1998 é a norma que define os medicamentos e substâncias controladas no Brasil, além de determinar a relação de drogas ilícitas e seus precursores. A Anvisa atualiza, periodicamente, o Anexo 1 da Portaria, com inclusões e alterações.   Confira o histórico de atualizações da lista de substâncias controladas.  Gabriel Leia mais…

Medicamentos da Cannabis: aprovado o regulamento para uso medicinal.

Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou o texto da regulamentação que tem como objetivo estabelecer os requisitos necessários para a regularização de produtos derivados de Cannabis no país. A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou, nesta terça-feira (3/12), o novo regulamento para produtos derivados de Cannabis. O texto elenca os requisitos necessários para a regularização desses produtos no país, estabelecendo parâmetros de qualidade. A regulamentação aprovada será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias e passará a viger 90 dias após a publicação. A decisão da Diretoria estabelece que a norma, denominada Resolução da Diretoria Colegiada (RDC), deverá ser revisada em até três anos após a publicação no Diário Oficial da União, justamente em razão do estágio técnico-científico em que se Leia mais…

Melanoma maligno, atuais fármacos em ação!

Melanoma é uma lesão maligna que pode surgir na pele, nas membranas mucosas, nos olhos e no sistema nervoso central. Entre os principais fatores de risco para a doença destacam-se a pele clara e exposição exagerada ao sol. Melanoma é um tipo de câncer que se desenvolve nos melanócitos, células responsáveis pela pigmentação da pele. Trata-se de uma lesão maligna potencialmente grave, que pode surgir na pele, nas membranas mucosas, nos olhos e no sistema nervoso central, com grande risco de produzir metástases e com altas taxas de mortalidade nos estágios mais avançados. Entre os principais fatores de risco para a doença destacam-se a pele clara, a exposição exagerada ao sol, história anterior de câncer de pele na própria pessoa ou em Leia mais…

135 áreas de atuação Farmacêutica.

O curso superior de Farmácia pode ter duração de até cinco anos e é considerado, segundo a Árvore do Conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), um curso da área de saúde. O curso é responsável por formar profissionais de saúde para atuar na cadeia produtiva das áreas de medicamentos, fármacos, alimentos, cosméticos, reagentes químicos e análises clínicas. De acordo com o Conselho Federal de Farmácia (CFF), são mais de 135 áreas de atuação da Farmacêutica que fazem parte de divisões agrupadas em linhas de atuação farmacêutica reconhecidas na Resolução nº 572, de 25 de abril de 2013 De acordo com a Resolução do CFF nº 572, de 25 de abril de 2013, as especialidades farmacêuticas são agrupadas 10 linhas de atuação: alimentos; análises clínico-laboratoriais; educação; Leia mais…

Resistência antimicrobiana é ameaça global, diz OMS.

Considerada um dos dez maiores problemas de saúde pública global, a resistência antimicrobiana é alvo de campanha de alerta mundial O mundo está mobilizado contra a resistência antimicrobiana, eleita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das dez maiores ameaças à saúde pública global. Sem a tomada de ações, estima-se que até 2050 o problema causará, anualmente, a perda de 10 milhões de vidas em todo o mundo, além de um prejuízo econômico de 100 trilhões de dólares. Neste ano, a principal mobilização acontece de 18 a 24 de novembro, durante a Semana Mundial de Conscientização sobre Antimicrobianos.   A ação conta com o apoio da Coalizão Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos (International Coalition of Medicines Regulatory Authorities – ICMRA), formada por 29 autoridades reguladoras de medicamentos, incluindo a Anvisa, além da própria OMS.   Com o slogan “O futuro dos antibióticos Leia mais…

Glicocorticoides aumenta risco de diabetes com apenas 7 dias de uso.

Tratamento de 7 dias com o uso de prednisolona(glicocorticoides), um anti-inflamatório comum usado para tratar asma, artrite, alergias, eczema e síndrome do intestino irritável, é suficiente para aumentar o risco de diabetes tipo 2, segundo informações do Daily Mail. É o que mostra um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Sapienza de Roma, na Itália, apresentado durante a Conferência Anual da Sociedade de Endocrinologia, realizado recentemente em Brighton, na Inglaterra. Não é novidade que o uso de esteroides por longos períodos prejudica a regulação do açúcar no sangue. Por sua vez, o controle inadequado do açúcar no sangue leva à resistência à insulina, considerada um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de diabetes tipo 2. A questão é que o novo estudo mostrou que Leia mais…

ANVISA proíbe venda de medicamentos no Mercado Livre.

A Anvisa publicou a Resolução-RE Nº 3.211, que proíbe a comercialização e propaganda de medicamentos na plataforma Mercado Livre. Recentemente a Anvisa já havia proibido a venda de medicamentos no Magazine Luiza e em outros Market Places. Em uma busca rápida na plataforma encontramos diversos anúncios com títulos com gráfia incorreta ou que tentam ocultar o verdadeiro produto, a grande maioria já pausado, além da venda de medicamentos controlados também há um histórico de anúncios de venda de MIPs e outros medicamentos sob prescrição médica. RESOLUÇÃO-RE Nº 3.211, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2019 O Gerente-Geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária, no uso das atribuições que lhe confere o art. 171, aliado ao art. 54, I, § 1º do Regimento Interno aprovado pela Leia mais…